Perguntas Frequentes

Como marcar uma consulta?

Para marcar uma consulta pode ligar para o nosso contacto 21 712 13 45 e/ou 93 341 99 83 ou, se preferir, pode enviar um e-mail para geral@nupic.net e/ou preencher o formulário “Marque Consulta”.
As nossas consultas têm valores de acordo com os rendimentos do agregado familiar. Como tal, para calcular o valor da consulta é necessário realizar uma inscrição sem custos, para analisar e calcular o rendimento per capita da família e definir o valor de consulta.
Os documentos podem ser entregues presencialmente ou de forma digital.
Após esta inscrição será contactado(a) por um dos nossos técnicos para efetivar a marcação.

Quais os documentos necessários para realizar a minha inscrição?

Serão solicitados alguns dados pessoais, nomeadamente o nome completo, a morada, os contactos e o número de contribuinte para a faturação do serviço prestado; o horário preferencial para a consulta e os seguintes documentos do agregado:
· Último IRS (Modelo 3) + Nota de Liquidação,
· 3 últimos recibos de ordenado do agregado familiar,
· Comprovativo de habitação – último recibo da renda da casa ou prestação pela aquisição de habitação própria.

Posso inscrever o meu filho(a) estando separado(a) do(a) pai/mãe?

Sim, necessitamos apenas da regulamentação das responsabilidades parentais. Caso não esteja definido necessitamos da autorização de ambas as partes.

Como saber identificar a especialidade recomendada?

Na própria inscrição é solicitada algumas informações para auxiliar de forma rigorosa a triagem da especialidade. A nossa equipa está preparada para, de acordo com o pedido e os sintomas indicar a especialidade mais adequada à sua necessidade.

O que esperar na primeira consulta?

Na primeira consulta será recebido(a) pelo técnico com quem agendou. O técnico irá acompanhá-lo ao gabinete e será convidado a partilhar a razão que o levou a procurar a NUPIC, as suas preocupações, a sua experiência e expectativas, orientado a consulta.
No fim da consulta o técnico irá estabelecer, juntamente consigo, um plano terapêutico.

Quanto tempo demoram as consultas?

O tempo de duração de cada consulta varia de acordo com o tipo de consulta.
• Entrevista de Avaliação e Diagnóstico – Entre 50 a 90 minutos
• Sessão de Psicologia Clínica e Educacional – Entre 45 a 50 minutos
• Sessão de Psicoterapia – Entre 45 a 50 minutos
• Sessão de Terapia Familiar e/ou de Casal – Entre 60 a 90 minutos
• Sessão de Hipnose Clínica – Entre 60 a 120 minutos
• Sessão de Terapia da Fala – Entre 45 a 50 minutos
• Sessão de Nutrição – entre 30 a 45 minutos
• Sessão de Acupuntura – entre 30 a 60 minutos

O que é o contrato terapêutico?

O contrato terapêutico é o acordo que o paciente e o técnico fazem relativamente ao processo terapêutico, que inclui as normas de funcionamento, periodicidade e honorários. Após o esclarecimento de todas as normas e o seu consentimento, o contrato estabelecido deverá ser cuidadosamente cumprido por ambos, para o estabelecimento de uma boa relação terapêutica.

Qual é a política de gestão de faltas da NUPIC?

Uma vez reservado o dia e a hora de uma sessão, o técnico e a outra parte assumem a responsabilidade em cumprir. Caso não possa comparecer, as eventuais alterações terão que ser avisadas até às 13 horas do dia anterior. Um prazo inferior não permite que o técnico consiga reagendar essa hora com outro paciente e, nesse caso, a sessão será cobrada na mesma.

O que devo fazer se não puder ir a uma sessão que já estava marcada?

Se não puder ir a uma sessão que já estava marcada deve avisar o técnico, de preferência para o contacto que ele lhe forneceu quando efetuou o contrato terapêutico. Se não conseguir falar com ele ou se não tiver o seu contacto pessoal poderá deixar a indicação na NUPIC, especificando o seu nome, o nome do técnico, o Pólo de atendimento e o horário da consulta. Caso não seja possível encontrarem um horário alternativo, quer por impossibilidade sua ou do técnico, a consulta não será realizada e será ou não cobrada consoante o tempo que der de pré-aviso.

Aquilo que disser numa consulta será confidencial?

Sim. A confidencialidade e o sigilo profissional fazem parte das obrigações de todos os colaboradores da NUPIC. Qualquer profissional de saúde – médico, enfermeiro, auxiliares técnicos, psicólogos, assistentes sociais – como também aqueles que tiveram acesso aos seus dados pessoais, estão obrigados a manter em sigilo toda a informação que receberam sua, a fim de preservar ao máximo a sua intimidade. A única excepção será a seu pedido e se autorizar ou no caso de ser necessário trocar informações entre técnicos.

É importante ser totalmente sincero e aberto na consulta?

Sim, é fundamental. O tratamento só será bem-sucedido quando acredita e confia no técnico que o acompanha.

O que devo fazer se sentir que não sinto confortável com o técnico que me acompanha ou acompanha o meu filho(a)?

Em primeiro lugar deve falar abertamente com o técnico que o acompanha, explicando os motivos que o levam a sentir isso. Caso não se consigam ajustar, mantenha esse sentimento e/ou não se sinta confortável em partilhar isso com o técnico, deverá ligar para a NUPIC expondo a situação. Em conjunto, procuraremos encontrar uma alternativa.